Seminarista completa estágio pastoral
30/11/2016
Seminarista queniano que está a completar o ano de estágio pastoral em Portugal, na comunidade dos Missionários da Consolata de Águas Santas, prepara-se para fazer a Profissão Perpétua e receber o diaconado
A ordenação diaconal será no dia 8 de dezembro, Solenidade da Imaculada Conceição

No próximo sábado, 03 de dezembro, pelas 19h00, Antony Malila Malwe fará a Profissão Perpétua na capela do Centro Missionário de Águas Santas, na Maia. A ordenação diaconal será no dia 8 de dezembro, Solenidade da Imaculada Conceição, às 16h00, na Sé Catedral do Porto, numa celebração presidida por António Francisco dos Santos, bispo do Porto.

Antony Malila Malwe, 30 anos, nasceu no Quénia, em Kiongwani, Makueni, a cerca de 100 quilómetros de Nairobi. É o mais novo de seis irmãos, quatro rapazes e duas raparigas. É da tribo Kamba. Ingressou a 17 de agosto de 2006, aos 20 anos, no seminário dos Missionários da Consolata, em Nairobi. Aí fez o Propedêutico e os estudos de Filosofia. Seguiu para o noviciado em Moçambique, onde fez a Primeira Profissão dos votos temporários, a 26 de dezembro de 2011. Rumou à Europa, permanecendo entre 2012 e 2015 no Seminário Internacional de Bravetta para os estudos de Teologia, em Roma, Itália.

A Portugal chegou a 16 de novembro de 2015 para um ano de serviço, ou estágio pastoral. Tempo de experiência de comunidade, de maturidade pastoral e missionária, que o leva a solicitar a Profissão Perpétua e o diaconado, recebendo resposta favorável por parte da Direção-Geral dos Missionários da Consolata, em Roma.

Albino Brás